Compostagem e Reciclagem na educação infantil: esse é o exemplo do CEMEI Luiza Maria de Paula, de Santa Vitória.

Esta coluna comemora o dia internacional de combate à desertificação, 17 de junho.

Em uma coluna publicada nesse espaço, no dia 24 de maio e publicado também aqui neste blog, contamos a participação da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero no evento organizado pela Secretaria Municipal de Educação, com gestoras e professoras das escolas públicas municipais e estaduais de Santa Vitória, a fim de tratar dos assuntos relacionados aos resíduos sólidos nesses estabelecimentos.

Após não mais de duas semanas fomos contatados pelas senhoras Keila de Lima Barbosa e  Marcia Moura, diretora e vice-diretora do Centro Municipal de Educação Infantil Luiza Maria de Paula e professora da educação infantil. Elas nos deram a bela notícia de que haviam iniciado os trabalhos de compostagem e coleta seletiva.

O CEMEI Luiza Maria de Paula, conta com 58 funcionários e sete deles estão envolvidos diretamente na separação das cascas de resíduos orgânicos nas atividades da cozinha, enquanto que 55 estão envolvidos na coleta seletiva dos materiais recicláveis, desenvolvendo uma comunicação com os pais e alunos.

Na sala de aula a vice-diretora que também é professora, Marcia Moura, trabalha com 19 alunos de quatro anos, já no CEMEI Luiza Maria de Paula são por volta de 150 alunos envolvidos nas ações. Segundo, Marcia Moura, as novas atividades fazem os olhos brilhar de quem assiste de perto a transformação acontecer. Ela acrescenta que essa percepção vai além da escola e que, tanto alunos como funcionários estabelecem uma co-relação com os resíduos produzidos em casa, almejando a solução para suas casas também.

RESULTADOS EM DUAS SEMANAS

De recicláveis até agora já foram recolhidos:

32 kg de PET

7,35 kg de ALUMÍNIO

23,20 kg de PAPELÃO

5,85 kg de OUTROS

A Compostagem está de vento em popa: há a separação na cozinha, os resíduos são preparados com a serragem pelos alunos, professores e funcionários, o local foi destinado e recebe a porção diária e em duas semanas foi possível ver a cor escura nos montes de compostagem. Em breve colocarão minhocas.

Além disso, Marcia Moura conseguiu algumas mudas de flores para que sejam plantadas revitalizando o jardim do espaço. O composto certamente será usado para adubá-las.

Marcia Moura ressalta que a dinâmica da equipe é excepcional e que todos se animaram com o desafio. A equipe então começou a perceber os resultados trazendo ainda mais motivação. “A escola toda está envolvida com a compostagem e a coleta seletiva, funcionários, professores, alunos e mais, os pais dos alunos. A satisfação é coletiva.”

O resultado disso é menos resíduos para o lixão e mais riqueza para o solo no combate à desertificação. Estas crianças seguramente terão uma percepção mais clara em relação às necessidades atuais e serão mais preparadas para trazer benefícios para o ambiente em que habitam.

A Plataforma mais uma vez parabeniza a iniciativa da Prefeitura Municipal de Santa Vitória, no nome do prefeito municipal Salim Curi por meio da Secretaria Municipal de Educação, capitaneada pela secretaria municipal Francisca Vânia de Oliveira Silva. Agradecimentos especiais à Carlene e a toda a equipe do CEMEI Luiza Maria de Paula, que estão promovendo a transformação aqui e agora de uma maneira simples e eficiente.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Faça você também, acesse e saiba como: www.facebook.com/plataformaituiutabalixozero

www.plataformaituiutabalixozero.wordpress.com

 

Anúncios

ECOPONTO DE EMBALAGENS PLÁSTICAS DE ÓLEOS LUBRIFICANTES É REALIDADE

 O coquetel de lançamento foi realizado no último dia 31 de maio. O evento aconteceu no Salão de Eventos do Líder Hotel e reuniu os empresários do setor que já estão cadastrados e autoridades dos poderes públicos locais. A iniciativa se dá por meio da Associação Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, gestora do ECOPONTO de Embalagens de Óleos Lubrificantes, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ituiutaba.

O ECOPONTO de Embalagens de Óleos Lubrificantes viabilizará a logística reversa das embalagens de óleos lubrificantes no município de Ituiutaba e tem por objetivo promover a logística reversa de embalagens de óleos lubrificantes em oficinas mecânicas, retíficas, torneadoras e auto centers em Ituiutaba – MG, para que as embalagens plásticas de óleos lubrificantes tenham sua destinação adequada evitando males e prejuízos à saúde pública e ao meio ambiente.

Confira as fotos do evento abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

LOGÍSTICA REVERSA E RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA

 Logística Reversa, conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos é o “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”, ou seja, os resíduos de produtos colocados no mercado devem voltar aos seus produtores. (Art. 3º Inciso XII – Lei 12.305/2010)

A logística reversa só será viabilizada por meio da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos,  que é o “conjunto de atribuições individualizadas e encadeadas dos fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, dos consumidores e dos titulares dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo dos resíduos sólidos, para minimizar o volume de resíduos sólidos e rejeitos gerados, bem como para reduzir os impactos causados à saúde humana e à qualidade ambiental decorrentes do ciclo de vida dos produtos, nos termos desta Lei; (Art. 3° Inciso XVII – Lei 12.305/2010). Isso quer dizer que cada um dentro da cadeia produtiva – produtores/ importadores, distribuidores, comerciantes e consumidores – tem sua responsabilidade para que o resíduo retorne ao produtor.

A logística reversa de embalagens plásticas de óleos lubrificantes é uma realidade desde 2012 quando o Acordo Setorial foi assinado pelo Ministério do Meio Ambiente e os grandes produtores do setor. Desde então o Instituto Jogue Limpo coleta as embalagens plásticas de óleos e as recicla dentro de suas especificidades.

Em Ituiutaba, alguns postos de combustíveis e concessionárias de veículos já são atendidos diretamente e porta a porta pelo Instituto Jogue Limpo. No entanto, as oficinas mecânicas e autocenters não são diretamente atendidos pelo Jogue Limpo, por esse motivo a criação do Ecoponto.

FUNCIONAMENTO DO ECOPONTO DE EMBALAGENS DE ÓLEOS LUBRIFICANTES

funcionamento ecoponto

O funcionamento do ECOPONTO descrito na imagem acima acontece da seguinte maneira: a Prefeitura Municipal cede o espaço, os comerciantes e prestadores de serviço de troca de óleo descartam as embalagens, seguindo uma série de orientações, o Jogue Limpo coleta, destina adequadamente e emite dados à Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, que por sua vez faz o gerenciamento dos dados, controle e monitoramento, divulgação e articulação junto aos distribuidores.

RESÍDUOS PERIGOSOS

Vale a pena ressaltar que as embalagens de óleos são altamente contaminantes e por isso consideradas resíduos perigosos. Por esse motivo é muito importante que todos os responsáveis façam a destinação correta no ECOPONTO de Embalagens de Óleos Lubrificantes, situado na Avenida Governador José Magalhães Pinto, em frente à CASEMG.

A iniciativa se dá por meio da Associação Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, gestora do ECOPONTO de Embalagens de Óleos Lubrificantes, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ituiutaba.

Mais informações:

Diretora Executiva Plataforma Ituiutaba Lixo Zero: Alice Drummond: 34. 99690 1979

Coordenadora Ecoponto: Adelanne Borges: 34. 99228 5281

 

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE 05 DE JUNHO

 

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado todo dia 5 de junho de cada ano desde 1972. A data foi instituída durante a Conferência de Estocolmo, que tratou do tema Ambiente. Foi durante esta conferência que foi aprovada também o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

O objetivo principal da criação desta data é a conscientização da população mundial sobre os temas ambientais, principalmente, a preservação. Desta forma, a ONU procurou ampliar a atuação política e social voltada para os temas ambientais. Era intensão da ONU também, transformar as pessoas em agentes ativos da preservação e valorização do meio ambiente.

Nesta data, ocorrem diversos eventos no mundo todo. Palestras, campanhas educativas, documentários e eventos são realizados, em vários locais, com o propósito de despertar as pessoas para esta importante questão mundial. Em muitos países ocorrem acordos ambientais e definição de políticas voltadas para a proteção do meio ambiente. Esta data é muito importante nas escolas, pois os alunos, em estágio de formação, podem desenvolver uma consciência ambiental que é fundamental para o futuro do planeta.

Esse ano, em 2017, o tema do dia Mundial do Meio Ambiente é #EstouComANatureza e tem por objetivo incentivar nossa conexão com a natureza.

A dica então é se jogar na natureza, andar descalço, sentir o vento, dar um mergulho, observar os pássaros, cada um a sua maneira.

estoucomanatureza-diado meioambiente

Em Ituiutaba a Secretaria de Meio Ambiente preparou uma semana cheia de atividades para que essa conexão seja atingida… blitz educativa, sensibilização quanto a preservação ambiental, distribuição e plantio de mudas, teatro, visitas técnicas na SAE e na Copercicla entre outros cujo encerramento acontecerá no próximo Sábado, dia 10 de junho, num evento na Praça Cônego Ângelo, a partir de 19h.

Aproveite essa semana para se jogar na natureza, para sentir o que há de mais genuíno e do que não podemos viver sem. Curta a natureza como extensão da própria vida e repense seus hábitos, lembrando sempre que “menos é mais” e que todos têm o mesmo direito de um meio ambiente equilibrado.

Separe sempre seus resíduos, destine adequadamente. Cada coisa em seu lugar.

Boas comemorações!

Dia do Meio Ambiente Prefeitura

Fontes:
http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_meio_ambiente.htm
https://www.greenme.com.br/informar-se/ambiente/5462-dia-mundial-do-meio-ambiente-2017