Arquivo da tag: evento

Pastoral da Criança promove ação de capacitação em compostagem

A Pastoral da Criança da Diocese de Ituiutaba do Bairro Satélite Andradina se reuniu no último dia 16 de setembro acerca do tema compostagem.

A Pastoral da Criança tem planos de, num futuro próximo, implantar a compostagem comunitária no terreno da Igreja. Visando a conscientização da população ao redor, e seu engajamento, uma série de ações vem sendo desenvolvida com as famílias participantes.

No último dia 16 de setembro, dia do aniversário da cidade de Ituiutaba, o tema da vez foi separação dos resíduos domiciliares em três frações e a compostagem doméstica individual. Para falar sobre esse tema, Regina Moura, fisioterapeuta e adepta a hábitos lixo zero, foi convidada para relatar sua experiência acerca da compostagem domiciliar individual.

SA_ReginaMoura_1

Regina falou aos participantes sobre a importância da separação da fração orgânica dos resíduos domésticos –  resíduos recicláveis, orgânicos e rejeitos -, e explicou o processo que ela adotou para fazer a compostagem em sua casa.

No intuito de promover a reflexão e chamar atenção para a prática, Regina demonstrou o processo adotado. Segundo seu método, a fração orgânica ideal para a compostagem é a que contém cascas de frutas, verduras, legumes, ovos e borra de café. Regina explicou que essa mistura adicionada à serragem (ou matéria orgânica vegetal como folhas secas), remexida algumas vezes por semana vai, ao fim de um período de mais ou menos 90 dias, se transformar num excelente adubo orgânico, chamado composto.

SA_ReginaMoura_3

 

SA_ReginaMoura_2Foram duas horas de bate papo, compartilhamento de ideias, experiências e perspectivas.

O resultado foi positivo e segundo a Meire, coordenadora das ações da Pastoral da Criança no bairro: “Foi muito bom, muito proveitoso, o pessoal gostou bastante. Pelo menos quatro famílias disseram que vão fazer a compostagem doméstica individual. ”

Pastoral da Criança no Satélite Andradina levando conhecimento às famílias através de ações práticas. Um exemplo a ser seguido.

A Plataforma Ituiutaba Lixo Zero parabeniza os envolvidos e agradece a disponibilidade da Regina Moura, de quem somos fãs incondicionais.

E você, quer aprender a fazer compostagem?

Entre em contato conosco pelo email: lixozeroitba@gmail.com,

pelo blog: www.plataformaituiutabalixozero.wordpress.com

ou pelo facebook: www.facebook.com/plataformaituiutabalixozero

 

 

Anúncios

Sarau de Quintal – evento limpo com a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero

O Coletivo Sarjeta Cultural promoveu no último sábado, 29 de abril, entre 15h as 21h, em Ituiutaba, o Sarau de Quintal, no MUSAI – Museu Antropológico de Ituiutaba.

O evento reuniu por volta de 400 pessoas no total e apresentou e ofereceu diferentes opções de entretenimento entre elas: oficina de escrita e expressão corporal, palestra, troca de livro, fanzine, brechó, exposição de fotos e desenhos, desenho ao vivo, dança Stiletto, MPB, RAP, Blues, brinquedoteca, comida vegetariana e vegana, Maturesco, pupa-pula e artesanato.

O ingresso foi 1 quilo de alimento não perecível com o propósito de arrecadar alimentos para famílias carentes em Ituiutaba.

saraudequintal_cartaz

A Plataforma no evento

A Plataforma foi convidada a participar do evento e logo se disponibilizou a fazer toda a gestão dos resíduos produzidos.

Ação capitaneada por Ludmylla Arantes, diretora executiva da Plataforma, teve por objetivo, organizar, separar e coletar os resíduos produzidos pelo evento e encaminhar adequadamente os resíduos recicláveis para a Copercicla e demais para aterro sanitário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para saber mais quais resíduos são coletados pela Copercicla acesse: http://www.copercicla.com

Ao todo foram necessários três coletores de bituqueiras e três lixeiras bem visíveis, às quais o público, segundo Ludmylla Arantes, “reagiu muito bem, foi muito educado e utilizou as lixeiras distribuídas no evento”. Ela completa “ o pessoal se comportou tão bem que ao final, se tivemos que recolher três ou quatro latinhas, foi muito”

A Plataforma se fez presente ainda através das presenças do secretário Roberto Alves de Lima, da segunda secretária Laiane Freitas e da segunda tesoureira Mara Rubia Barbosa Drummond.

Feliz de promover um evento limpo em Ituiutaba, a diretora executiva da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, Ludmylla Arantes comemora: “o resultado foi positivíssimo, pois o evento foi capaz de repercutir muito bem a cultura lixo zero em Ituiutaba, dando a certeza de que é possível tocarmos as pessoas com questões que são de interesse comum. Um evento limpo é de interesse de todos, não é? ”

Em breve, aqui, divulgaremos a quantidade de resíduos coletados e destinados para a Copercicla.

 Evento limpo, evento lixo zero é possível, basta você começar!

https://plataformaituiutabalixozero.wordpress.com/

https://www.facebook.com/plataformaituiutabalixozero

lixozeroitba@gmail.com

Curso de Formação de Lideranças Comunitárias em Saneamento Ambiental *PET Geografia Pontal

agua - saneamento

A UFU/ FACIP convida toda a comunidade para o Curso de Formação de Lideranças Comunitárias em Saneamento Ambiental, que ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de junho, das 14 às 17 horas, no Auditório II da FACIP, situada na Rua Pepino Laterza, 1600, no Bairro Tupã.

O  Curso de Formação de Lideranças Comunitárias em Saneamento Ambiental é  voltado para a comunidade e contará com palestras educativas sobre o correto tratamento de água, assim como a instalação de redes de esgoto, coletas de lixo, entre outras ações de melhoria das condições sociais de higiene pública e relacionadas às questões de saúde.

A preservação e a melhoria da qualidade de vida e do ambiente urbano dependem da atuação de todos e também, da cobrança de ações efetivas do poder público. Por esse motivo é de grande importância a formação/capacitação de toda a comunidade a fim de transformá-la em uma comunidade mais interessada e preocupada com as políticas urbanas do município, especialmente aquelas voltadas para o saneamento ambiental.

logo_petgeo_site

*PET Geografia Pontal

O Programa de Educação Tutorial (PET) une três atividades em um único programa: o ensino, a pesquisa e a extensão. O grupo tem como objetivo desenvolver atividades acadêmicas em padrões de qualidade, contribuir para a formação acadêmica do aluno, estimular a formação profissional, formular novas estratégias de desenvolvimento e modernização do ensino superior no país e estimular o espírito crítico. As atividades realizadas buscam promover a interação do Grupo PET com a sociedade e com a academia, o que enriquece a formação profissional e cidadã dos petianos.

O PET Geografia da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal da Universidade Federal de Uberlândia foi criado em setembro de 2009 e conta atualmente com 8 bolsistas. Para conhecer mais detalhes acesse: http://petgeofacip.blogspot.com.br/

 

 

Fórum Setorial Lâmpadas, Pilhas e Baterias

Foto: Humberto Minéu
Foto: Humberto Minéu

A UNOPAR nos recebeu dia 30 de abril, entre 13h e 15h, para a realização do Fórum Setorial de Lâmpadas, Pilhas e Baterias.

Esse é o terceiro Fórum Setorial realizado no âmbito da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero.

Os anteriores: Fórum Setorial de Resíduos Agropecuários e Fórum Setorial Óleos Lubrificantes e Pneus.

PRESENÇAS

O Fórum Setorial Lâmpadas, Pilhas e Baterias contou com a presença dos representantes das seguintes instituições:

Copercicla – Cooperativa de Reciclagem de Ituiutaba
CAAP – Cooperativa de Agentes Ambientais
Secretaria Municipal Educação Esporte e Lazer
Câmara Municipal
FIEMG
Unopar
IFTM
Venture
Pontual Supermercados
Supermercado Souza
Nova Elétrica
Ludicel Distribuidora
Farmácia Cruzeiro
Comunidade em geral – Engenheiro Agrônomo
Alunos de Pós Graduação e Gestão Ambiental
 
Diagnósticos e Encaminhamentos – Fórum Setorial de Lâmpadas, Pilhas e Baterias

Uma vez mais, pudemos perceber como o assunto gera o interesse das pessoas que se relacionam com os problemas da destinação e descarte de certos produtos. Nesse caso em especial: lâmpadas, pilhas e baterias.

No Quadro 1 estão relacionados os maiores “problemas” em relação ao gerenciamento desses resíduos.

Quadro 1. Diagnóstico do descarte de resíduos sólidos no setor lâmpadas, pilhas e baterias apresentado pelos presentes

Situação Representante(s)
Dificuldade de fornecedores de coletores na cidade Maria Faria – Sec Educação
Entrega de celulares junto com as baterias no coletor Henrique – IFTM
Fornecedor recebendo só a do fabricante e o consumidor vem com lâmpadas queimadas de outra marca Renata – Nova Elétrica
Como trabalhar a destinação das lâmpadas sem a regulamentação específica Lívia – SRE
Dificuldade em descartar as baterias grandes Edineia – Ludicel
Para onde o consumidor de lâmpadas deve entregar? Aline – Venture
Promover a tomada de consciência do consumidor Rodrigo – Pontual
Venture criou um cata pilhas para a tomada de consciência dos clientes e entrega aos correios Aline – Venture
Pontual disponibiliza cata pilhas em todas as lojas e destina aos correios Rodrigo – Pontual
Ausência de participação do poder público no fórum Luiz e Vanúsia

 

Embora ainda não haja um acordo setorial para as lâmpadas, pilhas e baterias, a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero acredita que dividindo esse conhecimento, relativamente novo, teremos legisladores, administradores públicos, comerciantes e consumidores mais responsáveis.

Essa cadeia do conhecimento é que vai  atender a demanda da logística reversa, que é a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto. Nada mais que cada um, responsável dentro de sua condição e oportunidade, para que os resíduos retornem à cadeia produtiva.

O Quadro 2 nos apresenta como os atores relativos a cadeia produtiva das pilhas e baterias propoem formas de encaminhamentos para esse novo modelo em Ituiutaba.

Quadro 2. Propostas de soluções para o descarte correto de resíduos do setor lâmpadas, pilhas e baterias

Proposta de solução Proponente(s)
Ver com correios recebimento de materiais recolhidos em empresas Hilda – FIEMG
Ter uma legislação específica e local acerca da destinação das lâmpadas usadas Lívia – SRE
Levantar nomes, contatos de empresas ou pessoas que recolham as baterias grandes Luiz – Ludicel
Os comerciantes encaminharem aos respectivos sindicatos/entidades de classe a demanda de articulação com fabricantes e importadores para a criação da estrutura local Humberto
Promover trabalho informativo de tomada de consciência do consumidor para devolução desses resíduos Rodrigo – Pontual
Iniciativa do poder público municipal na articulação para a destinação correta desses resíduos Vanúsia – CâmaraLuiz
Reforçada a necessidade do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Alice

 

Resultados dessa nova postura? Prevenção à poluição, diminuição da extração de recursos naturais, desenvolvimento de tecnologia e aquecimento da economia.

Acesse aqui o DOCUMENTO SÍNTESE elaborado por Humberto Minéu: Documento Síntese-Fórum Setorial Lâmpadas, Pilhas e BateriaS

DSCN1559

DSCN1554

Foto: Emmeline Aparecida Silva
Foto: Emmeline Aparecida Silva
LEGISLAÇÃO

A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS, Lei 12.305/2010, em especial a parte referente à logística reversa e a responsabilidade compartilhada foi apresentada ao público, como também a Resolução do CONAMA 401/2008, que estabelece os limites máximos de chumbo, cádmio e mercúrio para pilhas e baterias comercializadas no território nacional e os critérios e padrões para o seu gerenciamento ambientalmente adequado, e dá outras providências.

Acesse aqui a apresentação feita por Humberto Minéu

Mesmo não tendo sido apresentada no Fórum, vale a pena considerar a Deliberação Normativa Copam nº. 188/2013, que nos apresenta o cronograma dos editais de Chamamento Público para os sistemas de logística reversa no estado de Minas Gerais. Segundo essa deliberação normativa, para as pilhas e baterias o prazo é 2014 (Art. 4º, II) –  e no caso das lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio, vapor de mercúrio, outros vapores metálicos, de luz mista e lâmpadas especiais que contenham mercúrio o prazo é o ano de 2015 (Art. 4º, IV)

Em relação às lâmpadas, ainda é inexistente uma resolução do CONAMA ou o acordo setorial que regulamente a logística reversa para a cadeia.

Por outro lado, agrotóxicos, óleos lubrificantes, pneus e pilhas e baterias são produtos que já possuem sistemas de logística reversa implanatados anteriores à PNRS.

Segundo, ZIlda Veloso, diretora do Departamento de Ambiente Urbano da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente MMA, a previsão da publicação dos acordos setoriais das cadeias produtivas submetidas à logística reversa, incluindo medicamentos e embalagens em geral, não passa do ano de 2014. Vamos acompanhar!

Obrigada a todos que participaram, que trouxeram suas dúvidas e experiências.

Obrigada Unopar, por nos receber.

Próximo Fórum Setorial Educação: Dia o8 de maio a  FACIP/UFU será a anfitriã do Fórum Setorial de Educação. Estão todos convidados.

Contato: Alice Drummond pelo email: lixozeroitba@gmail.com
 

Câmara Municipal de SP e a legislação para o LIXO ZERO

A Plataforma Ituiutaba Lixo Zero participa nessa segunda-feira, 12 de maio de 2014, do Seminário Legislação para o Lixo Zero. A programação segue abaixo. Não é demais?

legislacao_lixo_zero_cs4

 

O Instituto Lixo Zero Brasil e a VIEX Americas em parceria com a Escola do Parlamento  da Câmara Municipal de SP promove o Seminário Legislação para o Lixo Zero. O evento contará com a participação de reputados especialistas mundiais em gestão de resíduos sólidos e gestores de cidades que implementaram o Programa Lixo Zero. O evento será composto por palestras e apresentações de cases, oportunizando assim o intercâmbio de conhecimentos e experiências, firmando a importância da valorização do conceito “Lixo Zero” e a preocupação com a melhoria da qualidade de vida para as próximas gerações. O Seminário acontece como uma extensão do Fórum Nacional de Resíduos Sólidos e do Fórum Internacional Cidades Lixo Zero, que acontecem nos dias 13 e 14 de maio.

Integrando o quadro de PALESTRANTES temos 5 especialistas internacionais e autoridades nacionais:

Vereador José Américo

palestrante_jose_americoAtual presidente da Câmara, José Américo é jornalista e vereador. Trabalhou no Diário do Comércio, na Folha de S. Paulo e em outras publicações paulistanas. Lecionou nos cursos de jornalismo da Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero e da UniSant´Anna. Foi secretário de Abastecimento e de Comunicação da cidade de São Paulo, na gestão da ex-prefeita, Marta Suplicy, e secretário de comunicação em Mauá, no ABC paulista. Coordenou os programas de TV e Rádio das campanhas presidenciais de Lula, em 1989 e em 1998. Na gestão 2008/2009, José Américo foi presidente do Diretório Municipal do PT da cidade de São Paulo.

Vereador Ricardo Young

É pós-graduado em administração de empresas, integrou o PNBE – Pensamento Nacional de Bases Empresariais, tendo contribuído para o projeto de adoção de escolas públicas por parte de empresas e a criação do instituto PNBE que desenvolveu o projeto “Minha rua minha casa” para moradores de rua.
À frente do Instituto Ethos, teve importante participação em fóruns internacionais, como o Pacto Global das Nações Unidas, o Global Report Iniciative e o ISO 26000 – Diretrizes sobre Responsabilidade Social. Ricardo Young foi também o iniciador do Pacto de Integridade de Combate à Corrupção e pioneiro na luta pela sustentabilidade como um dos disseminadores da Carta da Terra no Brasil e signatário do Manifesto “Brasil com S”. Participou da fundação do Movimento Nossa São Paulo e do Fórum Amazônia Sustentável. Em 2010, foi candidato a Senador por São Paulo na chapa de Marina Silva e obteve mais de 4 milhões de votos, tornando-se uma das mais importantes lideranças empresariais e políticas na defesa da sustentabilidade, da ética da justiça social. Em 2012, foi eleito vereador da cidade de São Paulo, pelo PPS, com 42.098 votos. Ricardo Young acredita no resgate e na ressignificação da política como instrumento legítimo de transformação da sociedade e a serviço do cidadão.

Pal Martensson

É graduado na universidade de Gotemburgo- Suécia. Pal é o diretor do departamento de água sustentável e gestão de lixo, onde ele supervisiona cinco centros de recuperação de recursos, incluindo o primeiro eco-parque do mundo, Kretsloppsparken Alelyckan- Suécia, criado e desenvolvido por ele e usado como modelo mundial para setores públicos e privados. Pal é um membro da Zero Waste International Alliance (ZWIA), do grupo sueco de gestão de resíduos para reciclagem e presidente do Zero Waste Sweeden.

Leslie Lukacs

Leslie é uma das fundadoras e diretora da L2 Ambiental e tem mais de 12 anos de experiência na prestação de serviços de consultoria ambiental para os setores público e privado. Leslie é especializada na concepção e implementação de programas de sustentabilidade para grandes instituições, órgãos públicos e eventos em todo os EUA. Possui experiência em auditorias de resíduos e estudos de caracterização, construção e desenvolvimento de portaria para demolição e implementação, coordenação, escrita de concessão e administração, e criar programas lixo zero. Leslie tem sido fundamental para abrir caminho a ecologização dos locais e eventos em todo o país e é uma das principais defensores para a indústria. Ela tem implementado programas de desvio de resíduos para aterros em estádios de futebol nacionais, instalações governamentais, universidades, parques temáticos, centros de convenções, realizando centros de arte, feiras, e inúmeros eventos de grande porte.

Enzo Favoino

Pesquisador sênior da Scuola Agraria del Parco di Monza, onde coordena o grupo de trabalho sobre compostagem e gestão sustentável de resíduos. Ele e sua equipe têm ajudado muitas instituições governamentais e autoridades locais para implementar sistemas de gestão de resíduos e estratégias, com uma referência especial às opções para a gestão dos resíduos biológicos. O grupo de trabalho sobre compostagem tem contribuído amplamente para o desenvolvimento da separação na fonte, reciclagem e compostagem na Itália, Espanha, Reino Unido e outros Estados Membros da União Europeia.

Tracie Bills

Tracie Onstad Bills atua no setor ambiental e na gestão dos recursos materiais há mais de 18 anos. Sua experiência gira em torno de assistência técnica na reciclagem comercial, compras ambiental, eventos lixo zero em grandes locais, estudos de programas de resíduos, pesquisa e planejamento de sustentabilidade, franquia de transporte/caminhão de lixo, programas de construção e demolição/ análise de portaria e escrita, compilação de inventário sobre o clima, pesquisa e viabilidade para ajudar os clientes com a prevenção de resíduos abrangente e programas de lixo zero. Os clientes têm incluído municípios, lixeiros e empresas em toda a área da baía.

Camille Duran

Camille Duran is a social entrepreneur specializing in media and social innovation. His main focus is in the democratization of knowledge to accelerate social change and in developing models for social entrepreneurship in a circular economy. In 2013, he founded greenwhitespace.org, a not-for-profit enterprise based in Malmo, Sweden. The team’s mission is to support cooperatives, grassroots movements, community organizations, foundations, NGOs and public agencies in their efforts to grow their social impact. Green White Space leverages the latest marketing techniques offered by the digital age as well as breakthrough thinking and technology. Camille also founded compostory.org – a learning platform featuring free online courses dedicated to organic waste management, with the goal of supporting local governments, agriculture and businesses on six continents. He advises social organizations internationally on business model design, social media strategy, gamification, content marketing, social growth and brand building.

AGENDA PRELIMINAR

10h00 – Cerimônia de abertura: palavras do Presidente da Câmara e do presidente da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade

Vereador José Américo (PT-SP), presidente da Câmara Municipal de São Paulo
Vereador Ricardo Young (PPS-SP), 
presidente da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade

10h40 – Panorama Mundial: iniciativas legislativas e a gestão dos resíduos sólidos

  • Histórico
  • Como se arquitetaram os principais projetos
  • Quais as exigências das legislações internacionais
  • Quais oportunidades no mercado da reciclagem

Leslie Lukacs, L2 Environmental 
Rodrigo Sabatini, Instituto Lixo Zero Brasil

12h00 – Intervalo para almoço

SESSÃO EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL – APRESENTAÇÃO DE ESTUDOS DE CASOS

13h30 –  Case EUA_Califórnia

  • Histórico
  • Pioneirismo da legislação
  • Oportunidades no mercado da reciclagem
  • Fishman Warf, área comercial lixo zero (composta por mais de 200 lojas e restaurantes)

Tracie Bills, California  Resource Recovery Association

14h00 – Case Suécia

  •         Histórico
  •         Como funciona
  •         Quais exigências da legislação na Suécia
  •         Experiências lixo zero

Pal Martenson, Kretsloppsparken

14h30 – O papel do gestor público na gestão dos resíduos sólidos e as iniciativas legislativas

  •        PNRS: Impactos e prazos a serem cumpridos nos municípios
  •        Plano Municipal de Resíduos Sólidos de São Paulo

Representante, AMLURB (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana)
Simão Pedro Chiovetti
,Secretário Municipal de Serviços – Prefeitura de São Paulo

16h00 – Eduacação Lixo Zero e Empreendorismo

Desenvolvimento de plataformas de educação on-line de grande escala para apoiar o desenvolvimento de Políticas e Infra esturura Lixo Zero e Empreendedorismo Social e a Criação de empregos numa sociedade de lixo zero  

Camille Duran, Compostory

17h00 –  Encerramento do Seminário Internacional Legislação para o Lixo Zero   

LIXO ZERO

Lixo Zero é uma meta ética, econômica, eficiente e visionária, para orientar a população a modificar seus estilos de vida e práticas, dando suporte a ciclos sustentáveis naturais, nos quais todos os materiais descartados são projetados para se tornarem matéria-prima para serem reutilizados. Lixo Zero significa projetar produtos e processos para evitar e eliminar sistematicamente o lixo e resíduos tóxicos, conservar e recuperar todos os recursos, sem enterrá-los ou incinerá-los. Implementar o Lixo Zero eliminará o descarte de resíduos na terra, água e ar, que são uma ameaça à saúde humana, animal e vegetal.

 

Fórum Setorial oleos lubrificantes e pneus Legislação e apresentações

foto3
A estrutura dos Fóruns Setoriais permite uma breve apresentação da legislação que rege o setor, começando pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, lei 12.305/201º e discorrendo sobre as resoluções do Conama, Lei Estadual, Leis Municipais, Portarias e Resoluções referentes ao tema.

Disponibilizamos aqui a legislação apresentada e as apresentações feitas por Humberto Minéu e Alice Drummond.

Acesse aqui a apresentação de Humberto Minéu, responsável por apresentar os itens acima.

Acesse aqui a apresentação de  Alice Drummond, responsável por apresentar os itens acima.

Fórum Setorial Óleos Lubrificantes e PNEUS

O próximo Fórum Setorial, realizado pela Plataforma, tratará das questões relativas aos Óleos Lubrificantes e Pneus.

Quem tiver interesse em participar entre em contato pelo email: lixozeroitba@gmail.com ; ok!?

convitefsoleospneus

FÓRUM SETORIAL DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS: Apresentações e presenças

posfsagro

 

Acesse aqui as apresentações do FÓRUM SETORIAL DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS:

Humberto Minéu, professor do IFTM e doutorando em geografia na UFU, co-organizador da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero e do super colaborador convidado Marcos Vilela de Moura Leite, Engenheiro Agrônomo Especialista Ambiental e professor no curso de gestão Ambiental da na Unopar

O tema foi tratado especialmente sobre a  responsabilidade,  de todos os envolvidos da cadeia dos agrotóxicos – produtores rurais, comerciantes e fabricantes -,  de proporcionar formas para o retorno das embalagens de agrotóxicos à cadeia produtiva. Isso se chama logística reversa e para que ela aconteça é necessária a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto.

O debate foi estendido aos resíduos não especiais e as formas de destinação dos mesmos.

O documento síntese do FÓRUM SETORIAL DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS com os encaminhamentos será postado aqui, no começo da semana que vem, apresentando a colaboração dos participantes do Fórum,  na proposição de formas e estruturas para o atendimento da lei.

Acesse aqui, e saiba quem participou, sugeriu, aprendeu, se relacionou enfim,  colaborou com a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero no seu propósito de articulação para a busca de soluções para a gestão integrada de resíduos sólidos em Ituiutaba. Obrigada mais uma vez a todos.

ListaPresençaFórumAgropecuária001 ListaPresençaFórumAgropecuária002

???????????????????????????????
Foto: colaboradora Emater

 

Contribuições são bem vindas a todo momento pois…. a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero é nossa.