Arquivo da tag: festas populares

Lixo: responsabilidade compartilhada

 

Por Ana Carolina Abdulmassih

Logo após o último réveillon, canais de notícias mostraram a condição deplorável da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, repleta de lixo descartado de forma incorreta e irresponsável.

Durante o carnaval, a situação não foi diferente. Toneladas de resíduos jogados pelas ruas e avenidas de todo o país mostraram como ainda agimos de forma irresponsável e perigosa.

A população precisa compreender de que o lixo jogado nas ruas só traz consequências negativas, entope bueiros, causa enchentes e alagamentos, atinge o lençol freático, contamina a água do subsolo, degrada o ambiente, danifica o patrimônio público e ainda favorece a proliferação de animais causadores de doenças, como o mosquito Aedes Aegypti, prejudicando a saúde de toda a população.

Aliado a isso os governos locais, ou seja, as prefeituras municipais não reconhecem suas responsabilidades. Quem por aí viu lixeiras suficientes espalhadas durante o carnaval? De quem é a obrigação de colocá-las?

Independentemente de qualquer circunstância, essa postura é inaceitável.

Para começar a conversa, a prefeitura deve disponibilizar as formas adequadas para o descarte e então a população deve utilizar dessas alternativas. Certamente, se tivessem mais lixeiras espalhadas nos locais de festas públicas e particulares, o “lixo” espalhado pelo chão seria bem menor, facilitando o trabalho da coleta de “lixo”, gerando valor através da reciclagem.

02.15.imagem

Precisamos entender que o lixo não é um problema da população e nem somente da prefeitura municipal…o “lixo” é um problema que pode virar solução. Mas, para isso, deve ser encarado como de responsabilidade de todos, ou seja, responsabilidade compartilhada. Nesse contexto, cada um faz a sua parte e todos fazem algo.

Transformar o modelo de economia vigente, que envolve extrair, usar e descartar, é possível através do ciclo de reciclagem e compostagem, como sempre falamos por aqui.

A mudança de consciência deve acontecer em todas as situações, principalmente à partir do consumo, pois é importante que haja cuidado com os resíduos, sobretudo para a preservação da natureza. Até porque, ambiente limpo implica em pessoas saudáveis e felizes.

*Ana Carolina Abdulmassih – natural de Ituiutaba, estudou Direito na Universidade do Estado de Minas Gerais, filósofa por natureza, apaixonada pela vida e pelas relações sociais inerentes a ela, sempre em busca do saber, crescer e compartilhar, em prol de um mundo mais harmônico e sustentável.

 

Anúncios