Arquivo da tag: materiais recicláveis

Sarau de Quintal – evento limpo com a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero

O Coletivo Sarjeta Cultural promoveu no último sábado, 29 de abril, entre 15h as 21h, em Ituiutaba, o Sarau de Quintal, no MUSAI – Museu Antropológico de Ituiutaba.

O evento reuniu por volta de 400 pessoas no total e apresentou e ofereceu diferentes opções de entretenimento entre elas: oficina de escrita e expressão corporal, palestra, troca de livro, fanzine, brechó, exposição de fotos e desenhos, desenho ao vivo, dança Stiletto, MPB, RAP, Blues, brinquedoteca, comida vegetariana e vegana, Maturesco, pupa-pula e artesanato.

O ingresso foi 1 quilo de alimento não perecível com o propósito de arrecadar alimentos para famílias carentes em Ituiutaba.

saraudequintal_cartaz

A Plataforma no evento

A Plataforma foi convidada a participar do evento e logo se disponibilizou a fazer toda a gestão dos resíduos produzidos.

Ação capitaneada por Ludmylla Arantes, diretora executiva da Plataforma, teve por objetivo, organizar, separar e coletar os resíduos produzidos pelo evento e encaminhar adequadamente os resíduos recicláveis para a Copercicla e demais para aterro sanitário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para saber mais quais resíduos são coletados pela Copercicla acesse: http://www.copercicla.com

Ao todo foram necessários três coletores de bituqueiras e três lixeiras bem visíveis, às quais o público, segundo Ludmylla Arantes, “reagiu muito bem, foi muito educado e utilizou as lixeiras distribuídas no evento”. Ela completa “ o pessoal se comportou tão bem que ao final, se tivemos que recolher três ou quatro latinhas, foi muito”

A Plataforma se fez presente ainda através das presenças do secretário Roberto Alves de Lima, da segunda secretária Laiane Freitas e da segunda tesoureira Mara Rubia Barbosa Drummond.

Feliz de promover um evento limpo em Ituiutaba, a diretora executiva da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, Ludmylla Arantes comemora: “o resultado foi positivíssimo, pois o evento foi capaz de repercutir muito bem a cultura lixo zero em Ituiutaba, dando a certeza de que é possível tocarmos as pessoas com questões que são de interesse comum. Um evento limpo é de interesse de todos, não é? ”

Em breve, aqui, divulgaremos a quantidade de resíduos coletados e destinados para a Copercicla.

 Evento limpo, evento lixo zero é possível, basta você começar!

https://plataformaituiutabalixozero.wordpress.com/

https://www.facebook.com/plataformaituiutabalixozero

lixozeroitba@gmail.com

Anúncios

Recicláveis: lavar ou não lavar? *Ana Carolina Abdulmassih

Em agosto de 2015 publiquei um texto nessa coluna, o qual pode ser encontrado no blog da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero: https://plataformaituiutabalixozero.wordpress.com/2015/08/28/reciclar-e-viver-por-ana-carolina-abdulmassih/).

Seguindo a linha de raciocínio desse post anterior, no qual falei sobre reciclagem em geral, trago uma questão que gera bastante dúvida, na hora de separar os materiais para reciclagem: lavá-los ou não antes da coleta seletiva?

Higiene x Desperdício

Apesar da chuva em abundância em algumas partes do Sudeste, precisamos estar em constante processo de economia de água, o que indica que limpar as caixas de leite e latas vazias de alimentos, por exemplo, pode ser desperdício, já que esses materiais passam por lavagem nas centrais recicladoras.

Alguns especialistas alertam que a prática de limpeza com água potável pode ser desnecessária, pois em qualquer processo de reciclagem o resíduo passará por higienização e que a limpeza não facilita a reciclagem, pois os materiais são derretidos a temperaturas muito altas.

Uma questão de saúde

Esses especialistas ainda afirmam que o que deve ser observado é a retirada de resíduos das embalagens para evitar foco de animais e doenças, além de odores, pois os materiais podem demorar chegar até o reciclador.

No entanto, sabemos que a coleta seletiva no Brasil é realizada conforme o sistema binário, ou seja, em casa separamos nosso lixo em seco e molhado. As cooperativas de catadores recebem os materiais recicláveis: papel, plástico, vidro e metal, todos misturados e a separação é realizada nas centrais de separação para que os itens sejam encaminhados para as diferentes indústrias da reciclagem.

Por esse motivo a não lavagem dos resíduos recicláveis pode acarretar inúmeros malefícios não somente aos catadores/cooperados que realizam esse trabalho, mas também à população em geral, uma vez que o montante de resíduos acumulados nas centrais costuma ser grande.

copercicla.jpg
Cooperativa de Catadores de Materiais recicláveis do RS recebendo visitantes

 

Mesmo dentro de casa e em recipiente fechado os resíduos recicláveis sujos podem atrair vetores de doenças.

lavarlixo

Mas e o desperdício da água?

Para que nossa consciência e nossa boa intenção não atrapalhe nosso processo de separação do lixo, recomendamos aqui alguns breves cuidados que podem manter os materiais em bom estado, sem que haja desperdício de água.

  • O ideal é que faça a retirada dos restos de produtos e alimentos das embalagens e então enxague com um pouco de água;
  • Não é necessário passar sabão nem utilizar água em demasia, mas apenas para tirar o grosso dos alimentos contidos ali anteriormente;
  • Você pode re-utilizar a água das máquinas de lavar louça ou roupas;
  • Você pode simplesmente deixar as embalagens recicláveis na pia enquanto as louças estão sendo lavadas;
  • Colocar as embalagens para secar e uma vez secas armazená-las até que seja o dia da coleta seletiva passar na sua casa.
foto_balde_agua_site
Estratégia que re-utiliza água de lavadora de louça e roupa

Dessa forma você estará adotando uma postura consciente e cidadã, evitando malefícios a sua família e comunidade e auxiliando enormemente o trabalho desses agentes ambientais mais conhecidos como catadores de materiais recicláveis.

Sugerimos, caso a dúvida permaneça, visitar uma central de coleta seletiva. Essa visita vai ajudá-lo a entender a importância da higienização dos materiais recicláveis.

 

Ana Carolina AdbulmassihAna Carolina Abdulmassih – natural de Ituiutaba, estudou Direito na Universidade do Estado de Minas Gerais, filósofa por natureza, apaixonada pela vida e pelas relações sociais inerentes a ela, sempre em busca do saber, crescer e compartilhar, em prol de um mundo mais harmônico e sustentável.