Arquivo da tag: RCD

Resíduo é recurso

entulho reciclado4

Quando pensamos em lixo ainda temos a imagem de um monte de coisas, de diferentes naturezas, misturado e sujo. Essa ideia faz parte do in-consciente coletivo e vem sendo construída há centenas de anos. No entanto, a produção de lixo nas últimas décadas vem aumentando consideravelmente em todo o mundo e isso é cada vez mais preocupante.

No Brasil, em 2010, o crescimento da produção de lixo foi seis vezes maior que o crescimento da população. Infelizmente a evolução da coleta seletiva não acompanha esses índices e, no mesmo ano, cresceu apenas 1,6% colaborando para que 40% do total do lixo produzido no Brasil tivesse destinação incorreta, ou seja, lixões, beiras de rios e córregos, queimadas, enfim, fazendo com que muitas toneladas de recursos fossem desconsideradas da cadeia produtiva brasileira.

Esse comportamento nos traz a reflexão de onde e como podemos ser melhores. O que devemos aprender para sermos capazes de reverter essas perdas econômicas e também ambientais.

Inevitavelmente ainda estamos pensando em lixo da maneira como fomos “habituados”. Porque ainda nos rendemos a esse modelo de descarte inconsciente e inconsequente. Fatalmente porque ainda não temos estrutura e condições propostas pelo poder público para que a gestão do lixo seja mais eficiente e visualize o “lixo” como recurso e não apenas despesas.

Nesse sentido, por mais que a lei estabeleça o princípio de responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto, e aí ela considera como responsáveis pelo “lixo” as prefeituras, empresas e a população, a responsabilidade de proporcionar a melhor gestão do lixo é da prefeitura de uma cidade. É ela que deve promover toda a discussão, articulação, educação/conscientização e ações práticas para a coisa.

Mudanças à vista

Enquanto alguns continuam estagnados nos mesmos padrões de desenvolvimento, outros se antecipam às exigências de mercado e oportunidades de negócios.

É esse o exemplo de algumas empresas e indústrias de diferentes segmentos que vem reduzindo custos e ampliando a margem de lucro quando começam a pensar de maneira diferente a gestão dos resíduos de suas atividades e o setor da construção civil é um belo exemplo disso.

RCD reciclado

A correta destinação dos RCDs, como são chamados os Resíduos de Construção e Demolição, tem um custo alto no valor final da obra e há mais de dez anos a resolução do Conama nº 307/2002 estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil.

Em São Paulo a capacidade instalada da indústria da reciclagem gira em torno de 80 mil/tons mês, todavia só produz 25% desse total. Em Ituiutaba ainda não temos usina de reciclagem de RCD.

Cada subproduto dos RCD possuem características distintas e usos recomendados. Por exemplo, a Brita Reciclada pode ser usada para fabricação de concretos não estruturais e drenagens enquanto que a Brita 4 é recomendada para terraplanagens, drenagens e aterros, e assim por diante com Pedrisco Reciclado e Bica Corrida e outros.

entulho reciclado 12

Oportunidades em casa

Ao tempo em que o município de Ituiutaba vive em plena expansão urbana imobiliária – mais de oito mil casas já foram construídas e entregues pelo programa federal de habitação Minha Casa Minha Vida, além dos bairros residenciais particulares e o setor industrial que é o alvo de interesse de desenvolvimento da prefeitura – os RCDs são encaminhados para o aterro sanitário municipal que não tem licença para o recebimento de tais resíduos.

Considerando a oportunidade econômica como parte do desenvolvimento de um município, a reciclagem de RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL em Ituiutaba é um dos pontos da gestão integrada dos resíduos sólidos do município que deve ser fortemente trabalhado. Uma indústria de reciclagem de RCD gera emprego e renda, desenvolvimento econômico e por consequência preservação ambiental.

Ao passo que os resíduos podem ser transformado em outros materiais ou substâncias que supram diferentes necessidades e reintegrem a cadeia produtiva gerando riquezas econômicas, sociais e ambientais nos certificamos que a característica fundamental dos RESÍDUOS é que ele é RECURSO.

Abaixo alguns exemplos de reciclagem de resíduos de construção civil e demolição.

Exemplo de Reciclagem de Entulho

entulho reciclado10

entulho reciclado5

entulho reciclado6

entulho reciclado9

entulho reciclado2

entulho reciclado3

entulho reciclado11

entulho reciclado7

reciclagem entulho 13

entulho reciclado 15

Anúncios

Fórum Setorial RCD – PRESENÇAS E APRESENTAÇÕES

foto 1

O Fórum Setorial de Resíduos de Construção e Demolição aconteceu ontem, 29 de maio de 2014, no auditório da OAB – Ituiutaba.

Estiveram presentes representantes das seguintes instituições, organizações e empresas:

  • SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO
  • CÂMARA MUNICIPAL DE ITUIUTABA
  • POLÍCIA AMBIENTAL
  • ZOONOSES
  • COPERCICLA
  • IFTM
  • UFU/FACIP
  • Superintendência Regional de Educação
  • INDUPLASTIL
  • CFL – Engenharia
  • FIEMG
  • Profissionais da área: gestão ambiental, agronomia.

A apresentação realizada por Humberto Minéu abordou a Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010 e Alice Drummond apresentou a Resolução CONAMA Nº 307/2002, resoluções correlatas, além de bons motivos para a reutilização dos resíduos de construção e demolição, encontrados no site da ABRECON – Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição.

As apresentações podem ser encontradas abaixo:

Fórum Setorial RCD-PILZ-29.05.2014 – HumbertoMinéu

Fórum Setorial RCD-PILZ-29.05.2014 – Alice Drummond

Os quadros de análise da situação atual e perspectivas para o município e o Documento Síntese serão divulgados em breve.

???????????????????????????????

foto 3 (2)

A Plataforma Ituiutaba Lixo Zero agradece a OAB – Ituiutaba por nos receber, à Emmeline Aparecida Silva Severino – Pós-graduanda Ciências Ambientais / IFTM, presente em todos os Fóruns Setoriais e nossa super fotógrafa.

Um agradecimento especial a todos os participantes que contribuem com a Plataforma Ituiutaba Lixo Zero e, consequentemente com o futuro de Ituiutaba.

E um obrigada mais que especial ao professor do IFTM/Ituiutaba e co-organizador da primeira fase da Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, Humberto Minéu, que com seu trabalho impecável, organização ímpar e seriedade marcaram os Fóruns Setoriais realizados pela Plataforma de forma mais que positiva. Obrigada!

 

???????????????????????????????

foto 2 (2)

??????????????????????????????? ???????????????????????????????

???????????????????????????????

???????????????????????????????

foto 2

 

foto 3

foto 5

foto 3 (1)

foto 4 (1)

foto 4

foto 5 (1)

foto 2 (1)

Lembrete FÓRUM SETORIAL RCD

É hoje, 29/05/2014, o último Fórum Setorial de RCD que acontecerá no auditório da OAB, ed. Ituiutaba, av.13 nº658, 3º andar.

A legislação referente ao setor será apresentada brevemente e em seguida o dialogo é aberto. O objetivo principal é que possamos buscar soluções para os desafios enfrentados pelo setor.

Venha e participe.

convitefsRCD