Arquivo da tag: rethink

Julho sem plástico. Você está pronto para o desafio?

na primeira década do séc. XXI foi produzido mais plástico do que nos últimos 100 anos, vais achar que é de loucos. A verdade é que estes números são reais. E a situação não tende a melhorar: prevê-se que até 2050 haja mais plástico no mar do que peixes.

A questão em torno do uso do plástico não é uma moda e é preciso explicar isto sobretudo à nossa geração: somos novos, temos energia, temos ideias, queremos fazer do mundo um lugar melhor; temos nas mãos uma oportunidade de mudar o rumo desta situação, e é importante que o façamos.

Você já reparou na quantidade de plástico que você usa durante um dia?

As garrafas de água que usa são, provavelmente, de plástico. A escova de dentes que usa é feita de plástico. Os sacos do lixo que tem em casa são de plástico. A maior parte da comida que você compra vem embalada adivinha em quê? Plástico. De cada vez que você vai às compras leva ou compra um saco de? Plástico. Agora pensa que mais de metade das pessoas que compartilham deste planeta fazem o mesmo, todos os dias.

Para agravar um bocadinho a situação, imagina agora a quantidade de plástico usada primeiro na sua casa, depois por todos os habitantes do seu bairro, depois por todos os que vivem na sua cidade. E agora pensa que todo esse plástico demora 2 gerações a decompor-se.

Atitude é tudo, e tudo é possível.

PlasticfreejulyaProblemaeSolucao

O JULHO SEM PLÁSTICO é um movimento criado por uma organização governamental australiana para alertar o consumo muitas vezes não consciente e desafiar-nos a reduzir o consumo de plástico durante o mês de Julho. 

O objetivo é que, passado um mês, você consiga trazer alguns hábitos desse mês sem plástico para a sua vida cotidiana. O top 4 da mudança é a redução das sacolinhas plásticas de supermercado, garrafas de água e refrigerante, canudos e copos descartáveis de plástico. A redução desses 4 materiais já te coloca num ótimo patamar de realização.

Continue seu desafio com os itens a seguir:

  1. Compre caixas, não garrafas: sabe quando vamos ao supermercado e encontramos, por exemplo sabão em pó em caixas de papelão e também em garrafas de plástico? Prefira produtos em caixas, pois a reciclagem é mais simples, barata e rápida.
  2. Compre a granel: se conseguir comprar arroz, feijão e grãos a granel, aproveite. O produto será o mesmo e você estará evitando embalagens de plástico. Uma dica é reutilizar sacolas de plástico que ficaram guardadas após sua última compra.
  3. Prefira potes de vidro: na hora de comprar um produto no supermercado, prefira aqueles em potes de vidro. Além de fazer bem a natureza, você também estará garantindo um item mais duradouro e seguro para armazenar alimentos e outros produtos.
  4. Utilize seus próprios potes e recipientes: ao levar para casa o que sobrou do jantar no restaurante, ou do almoço na casa de parentes, utilize seus próprios recipientes. Evite ter que comprar mais e mais potes de plásticos sempre que precisar transportar alimentos de um ponto a outro.
  5. Diminua os produtos de limpeza: sabia que dá para realizar grande parte das tarefas rotineiras de limpeza sem precisar comprar garrafas e mais garrafas de plástico de limpa-telha, limpa-banheiro, limpa-vidro, etc.? Muitos dos trabalhos podem ser executados com bicarbonato de sódio e vinagre, basta saber como utilizar e a medida exata para cada situação.

Faça parte do desafio global visitando o site (em inglês):

http://www.plasticfreejuly.org/

Adaptação das reportagens dos sites:

https://shifter.pt/2017/06/julho-sem-plastico/

http://www.pensamentoverde.com.br/dicas/16-maneiras-de-reduzir-o-consumo-de-plastico/

Anúncios

Como ser uma pessoa lixo zero?

O Conceito lixo zero pode parecer, às vezes, muito distante de sua aplicação, contudo na maioria das vezes é muito mais próximo que imaginamos. Idealizamos uma enorme dificuldade no ato de ser uma pessoa lixo zero, não é mesmo? Mas aqui você vai conhecer quatro ações simples que te farão ver como é simples ser lixo zero.

quanto de lixo vc ja consumiu hj

O momento decisivo acontece quando começamos a pensar em REDUZIR A PRODUÇÃO DE LIXO. A importância e os desdobramentos dessa primeira ação são enormes e decisivos para o lixo zero. Um exemplo claro para a REDUÇÃO de lixo é evitar objetos que num pequeno espaço de tempo vão parar na lixeira.

ReduzirMMA

Sabe quando compramos algo que vem embrulhado e ainda dentro de uma sacola? Pois é, o embrulho e a sacola são dispensáveis. Mas já estamos tão habituados à eles que nem questionamos se deles precisamos. No entanto, se recusarmos recebê-los estaremos reduzindo a geração de lixo.

consumo_consciente

Decisão tomada, nos tornaremos mais atentos às incontáveis possibilidades de reduzir a produção de lixo e começaremos uma jornada rumo ao lixo zero.

Bom, nessa longa, mas possível, jornada, continuaremos a produzir lixo, contudo, teremos mais condições de avaliar o que está em nossas lixeiras. Veremos, todavia, que tem “lixo” de tudo e quanto é tamanho, cor, material, forma, utilidade e que, todos esses itens estão misturados. A segunda grande sacada rumo ao lixo zero é ver, nesse monte de “lixo” o que nos pode ainda ser útil de alguma forma. O que nos economizaria uma nova compra. O que poderíamos REUTILIZAR.

REDUZIR E REUTILIZAR MATERIAIS FAZ DE VOCÊ UMA PESSOA ANTENADA AO LIXO ZERO

ReutilizarMMA

O REAPROVEITAR faz parte da hierarquia lixo zero e amplia as possibilidades de reuso do objeto, pois no reaproveitamento modificamos o material de modo que ele possa ser útil em alguma outra atividade que não tenha sido a atividade fim para a qual ele foi desenhado. O REAPROVEITAR é usar a criatividade pensando nas nossas necessidades. É pensar nas possibilidades dos objetos que colocamos na lixeira.

Conhecemos muita gente que fez do “lixo” produtos super originais, alguns quebra-galhos, outros de bom gosto, e que todos eles tenham atendido uma necessidade. O reaproveitar é amplo, ele considera o “lixo” matéria prima que será usada ou transformada para a construção de algum objeto diferente.

REPENSAR, REDUZIR, REUSAR E REAPROVEITAR MATERIAIS FAZ DE VOCÊ UMA PESSOA AINDA MAIS ANTENADA AO  LIXO ZERO e te conduzirá automaticamente à RECICLAGEM.

A RECICLAGEM proporciona nova vida aos materiais recicláveis e uma embalagem tetra-pak, limpa, destinada à coleta seletiva terá como destino a fabricação de outra embalagem de tetra-pak ou não, e assim por diante.

No fim das contas, o grande lance é saber que LIXO não é mais aquilo que se amontoa, ou que se joga fora, mas aquilo que se vê valor, pois LIXO é a nova matéria prima da nossa sociedade de consumoReciclar MMA

 O poder dessas quatro ações citadas acima é ENORME, assim como as possibilidades de nos tornarmos todos Lixo Zero. Sejamos todos.